Login
Perspetiva
Ruben Gomes

Por Kevin Clarke, Gestor Internacional do Produto na CDK Global | Outubro 6, 2014 -- 09:33 GMT

Subscribe to me on YouTube
Ainda existem representantes que escolhem operar os seus próprios servidores de DMS dentro dos seus concessionários em alternativa a mudar para a Nuvem, mas não importa onde está o seu servidor, continua a ter de cuidar dele!

As 5 melhores práticas para cuidar do seu servidor DMS

Eis as nossas 5 Principais recomendações

1. Criar cópias de segurança do seu DMS

Esta deve ser uma atividade cuidadosamente planeada e gerida que respeita os seus requisitos legais e empresariais; sugerimos que haja uma agenda de cópia de segurança implementada.

Também deve verificar:

Realização bem-sucedida de cópia de segurança

Cópia de segurança de dados necessários

Cópia de segurança guardada num local seguro externo

Pergunte-se:

Sabe se a sua cópia de segurança, feita na noite anterior, foi bem-sucedida?

Onde guardou a sua fita de cópia de segurança na noite anterior?

2. Localização física

Idealmente o seu servidor deveria estar num local construído para esse fim, com todos os meios e serviços necessários para reduzir a probabilidade de ocorrência de períodos de inatividade inesperados. Há coisas que todos devem ter quando se trata de proteger os respetivos servidores:

Local seguro e de acesso restrito

Alimentação de energia resistente e limpa, usando fonte de alimentação ininterrupta (UPS) e instalações de gerador de energia

Com alarme (fogo, inundação e intrusos)

CCTV (proteção contra invasores externos)

Controlos ambientais implementados (para assegurar temperatura e humidade ideais)

Pergunte-se:

O seu servidor está seguro?

Como será alertado em caso de falha ou desastre?

3. Planear hardware novo

Sabemos que precisa de ponderar com cuidado quando deve substituir os componentes de hardware, no entanto, para limitar o risco de indisponibilidade e fiabilidade operacional, é recomendável que substitua o hardware de servidor a cada 3-5 anos.

Para minimizar as perturbações para os utilizadores e para o negócio, o tempo de inatividade tem de ser planeado e programado com cuidado.

O hardware novo deve ser examinado para assegurar que fornece a capacidade para as necessidades atuais e futuras da empresa e aplicação de software.

Pergunte-se:

Quantos anos tem o seu servidor?

O seu servidor tem capacidade suficiente?

4. Rever registos e utilização de recursos

Análises regulares de registos devem ser efetuadas para identificar problemas que ocorrem com componentes de hardware e processos do sistema que falharam. Os registos também podem identificar quando devem ser adicionados ao sistema recursos adicionais (memória, CPU e disco).

Pergunte-se:

Quando foi a última vez que verificou os seus registos de servidor?

Sabe como verificar se existem potenciais problemas?

5. Tudo pode acontecer - esteja preparado

Não acontece muitas vezes, mas pode haver e há desastres que afetam empresas de vez em quando. 

A sua empresa deve compreender como pode continuar a funcionar normalmente quando enfrenta um desastre.

Recomendamos que haja um plano documentado implementado para que a sua empresa possa reagir a um desastre de forma rápida e eficaz; os servidores muitas vezes podem demorar várias semanas a ser substituídos e este risco deve ser tido em conta e compreendido para criar a proteção necessária.

Pergunte-se:

Como recuperaria a sua empresa de um desastre?

Quanto tempo consegue a sua empresa sobreviver sem o seu DMS?

 

Saiba mais sobre Alojamento na Nuvem (HSP) da CDK Global para o seu DMS Contacte-nos hoje mesmo

Further Information Request

DEMO Request

Brochure Request